Cabo Frio 


Referência quando o assunto é a Região dos Lagos, Cabo Frio capricha no visual e na infraestrutura. Sendo um grande centro turístico com vasta rede de hotéis e pousadas. Suas praias são famosas pela areia branca, fina e seu clima tropical, onde o sol brilha forte o ano inteiro e quase não chove. A cidade conta com uma série de pontos turísticos que contam a História do local, como o Morro da Guia, a Igreja Nossa Senhora de Assunção e o bairro da Passagem.

As águas transparentes e as areais clarinhas são as marcas registradas das praias de Cabo Frio. Cartão-postal, a do Forte é a mais movimentada, tomada por turistas e jovens. Já as praias das Dunas, do Foguete e do Peró têm boas ondas e surfistas. A turma do naturismo se encontra na Brava, enquanto as famílias dividem espaço na praia das Conchas.


Praia do Forte 

Sendo a principal praia da cidade,  ela conta com 7,5 quilômetros de extensão e, mesmos assim, fica lotada na alta temporada. Cartão-postal em função das águas transparentes, da areia clarinha e do forte São Mateus no canto esquerdo, que no período da colonização defendeu a costada região de invasões estrangeiras e piratas.

Praia do Peró 

Bastante procurada pelos que apreciam a para a prática do surf e outros esportes náuticos, a Praia do Peró conta com 7 quilômetros de águas limpas e de temperatura amena e foi apontada, através de análise feita pela FEEMA, como a mais limpa da Região dos Lagos. Situa-se a oeste do centro de Cabo Frio, ao longo das Dunas do Peró, que possui um rico ecossistema com espécies endêmicas, e junto à Serra das Emerências, onde encontra-se o maior nicho de Pau-brasil do Estado do Rio de Janeiro.

Praia das Conchas

Frequentada por famílias e adeptos dos esportes náuticos, a pequena praia de águas calmas é ponto de encontro também dos pescadores de arremesso, os peixes mais capturados nesta praia são o Badejo, a Anchova e a Tainha. O lugar oferece uma bela vista das ilhas de Cabo Frio. Em toda sua orla existem quiosques e restaurantes com música ao vivo.

Ilha do Japonês

A Ilha do Japonês, localizada no Canal do Itajuru, entre a Praia do Forte e a Praia Brava, com toda sua beleza, águas cristalinas e tranquilidade é o lugar perfeito para pessoas de todas as idades. Para chegar à ilha não é difícil, o acesso é feito pelo bairro Ogiva, onde pode ser feita a travessia de diversas formas, com um barco, nadando ou dependendo se a maré estiver baixa, é possível atravessar a pé. 


Desenvolvimento Imobiliário

O que há de mais certo a se dizer de Cabo Frio, além é claro que a cidade é linda por natureza, é que ela não para de crescer. Dados do IBGE divulgados em agosto de 2014 informam que a população do município já havia chegado aos incríveis 204,486 habitantes. O número não assusta aos moradores das grandes capitais brasileiras, mas, quando citamos que a população da cidade cresceu 330% se comparada ao ano de 1970, pode se dizer que a evolução foi bem significativa. Vale lembrar ainda que, de 2011 para 2014 mais de 14,486 habitantes passaram a constar nos dados. Mas o que aconteceu para que ocorresse este aumento populacional? A migração é a resposta mais certeira.

Muitas pessoas tem se deslocado de grandes cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, entre outras, para morar e investir no município do interior fluminense que vem figurando em rankings que o colocam em 14º lugar entre os 51 melhores da região sudeste, segundo levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas, e entre os 100 melhores do País para viver e trabalhar.


Vejamos abaixo alguns bairros da cidade:

Centro

O Centro é o bairro que reúne a maior concentração comercial do município. Redes bancárias, de farmácias, de supermercados, entre outros, podem ser encontrados facilmente no bairro que é o principal responsável pelo título de Cabo Frio: a capital da Costa do Sol. Ao todo são 1520 instituições comerciais identificadas pela Prefeitura. Porém, dos 6875 imóveis localizados no Centro, 4915 são residenciais, o que permite que o morador garanta a tão sonhada qualidade de vida, porém, com ótima infraestrutura.

Algodoal

Bairro Residencial e muito bem localizado, o Algodoal fica a pouquíssimos metros da Praia do Forte. Abriga pousadas e hotéis, além de uma área de dunas e de restingas. Possui 2192 imóveis, sendo 2123 residenciais, além disso, é ótimo para os adeptos da caminhada ou da corrida em meio a uma natureza exuberante.

Braga 

Muito próximo à praia, tem como órgão vital uma importante avenida ladeada por prédios supermodernos. Abriga a sede da subprefeitura, com algumas secretarias e o Procon, o Fórum Municipal, a OAB regional e o Hospital da Mulher. Há mais ou menos 20 anos, sofria com um valão a céu aberto, hoje, resplandece com algumas das construções imobiliárias mais imponentes de Cabo Frio. Possui no total 5110 imóveis, sendo 4460 residenciais e 220 comerciais, o restante se divide entre terrenos, estabelecimentos religiosos e outras atividades.

Vila Nova

Próximo do Centro e próximo a Praia do Forte, a Vila Nova surgiu com a abolição da escravatura, quando os negros forros fundaram a comunidade da Abissínia, hoje rebatizada. Com excelente ponto de localização, a Vila Nova abriga 1887 imóveis sendo 1564 deles residenciais e o comércio ocupa 218 estabelecimentos.  No bairro se destacam prédios modernos e também casas grandes, muitas delas destinadas à locação de temporada.

Passagem

Berço da história de Cabo Frio, a Passagem é um lugar de opostos: prédios e casas modernas de um lado, casinhas de pescador em estilo colonial do outro. Bairro que deu origem à civilização na cidade, a Passagem é formada por 2127 imóveis, sendo 1950 residenciais e 102 comerciais. No bairro, estão ruas de pedras que tem como destino o Canal do Itajuru, mas também a movimentada Avenida do Controno, que segue em direção à Praia do Forte. 

Palmeiras

Bairro residencial bastante arborizado e composto por condomínios de casas de classe média-alta. É procurado por veranistas e moradores que desejam um clima tranquilo, mas perto do centro da cidade. Na Praia que da nome ao bairro, o que mais se encontra são Palmeiras. Bem urbanizado, embora não possua prédios, grande parte de suas ruas têm nome de cidades e estados brasileiros. 

Portinho

Um dos mais aprazíveis bairros de Cabo Frio, de característica residencial, o Portinho fica às margens do Canal do Itajuru. Com ruas tranquilas e frescas, o bairro abriga 1466 imóveis, sendo 1315 residenciais. Ficou conhecido pelas suas ruas com nomes de pedras preciosas (hoje muitas foram rebatizadas), pelos casarões e pelos tradicionais condomínios, os Cottages, ali construídos ao longo dos anos. Hoje o bairro oferece aos interessados por imóveis, condomínios modernos, mas sem perder o charme. 

Novo Portinho

Bairro idealizado, criado há menos de cinco anos, o Novo Portinho é o caçula dos bairros de Cabo Frio. Localizado entre as Palmeiras e o Portinho, abriga o novo shopping da cidade e é composto por casas, condomínios e um comercio de rua que começa a ganhar vulto. Já estão estabelecidos no Novo Portinho 517 imóveis, sendo 164 residenciais e ainda 354 terrenos próprios sem construção, de acordo com a Prefeitura de Cabo Frio.




Tire suas dúvidas